image1 image2 image3

HELLO I'M JOHN DOE|WELCOME TO MY PERSONAL BLOG|I LOVE TO DO CREATIVE THINGS|I'M PROFESSIONAL WEB DEVELOPER

GRAN EASTWOOD


Parece que Clint Eastwood não pode mais morrer, iria me abalar muito se isso de fato acontecer. Mas o cara é muito bom, de 11 filmes que ele faz, 12 são ótimos. Clint que revive seu werternlomaníaco que vive dentro dele em Gran Torino, que depois da morte de sua esposa, o velhote acaba criando confusão e uma grande amizade com os Hmongs, um povo chinês que ele coloca culpa em tudo se tratando do passado de guerras e tristezas. Clint dirige também esta já obra prima com suas caras e bocas que era sempre maravilhoso vê-lo nos faroestes de Sérgio Leoni (lembro de Jim Carrey fazendo este arquétipo no Todo Poderoso, só comentando). Como sabemos, Ford Gran Torino é um carro, e o seu em especial bem conservado de 1972 é alvo de valentões Hmongs, e como título, o ponto chave do filme. Walt (nome de seu personagem no filme) é muito Dom Casmurro, não se dá bem com seus próprios filhos pro pequenos detalhes e acabamos nos apaixonado mais uma vez pelo filme de Clint Eastwood. Um filme que fala de um herói tão comum e ao mesmo tempo tão difícil encontrar. O que acontece com os jovens de hoje, com nossas crenças e objetivos de vida, o que é valorizar uma vida suja e grotesca. O velho Walt se incomoda de fato, e precisamos nos icomodar mais e mais. em Clint Eastwood nunca se sabe o que o homem tem na cartola. Mas não quero que ele morra nunca, colocando sempre bom cinema nas nossas veias.

Nota:9,5

Share this:

CONVERSATION

4 comentários:

Susyanne Alves disse...

Olá Demetrius!

Adorei seu texto. Sua linguagem é cativante.
Adorei o blog também.
Mas, estou sem saber o pq de ñ ter mulheres na equipe?
É clube do Bolinha é?
rsrsrsrs

Abraço

www.eusoupublicista.blogspot.com

Demetrius Silva disse...

Ahh, bem primeiramente obrigado pelo elogio, sinceros mesmo. E esta questão de não ter mulheres é que das minhas amigas, ou alguém que acho interessante em escrever no blog, ou estão muito ocupadas, ou não querem exprimir seus pontos de vistas pra tpdp mundo ver, ou não querem simplesmente. Mas estamos recrutando, hehehe. Se tiver interee, posso mandar um convite para vc, visitarei seu blog tbm. Trocaremos informações. E mais uma vez obrigado.

Abraço e fique com Deus.

Rick Lima disse...

É um filme sobre redenção! É como se Dirty Harry resolvesse colocar sua vida em pratos limpos. Clint já superou até seus grandes mestres (Don Siegel, Sergio Leoni) e está no panteão dos grandes diretores deste século. Grande amigo, faz tempo que não apareço por aqui, mas gostaria de desejar-lhe boa sorte por aí na grande Fortaleza e sempre que puder, aparece pelo Crato para batermos um papo. Sobre cinema, óbvio. Valeu pela lembrança com GI Joe.

Grande abraço.

Demetrius Silva disse...

Meu amigo Rick, sinto falta demais, vou sugar o que tem de melhor nesta fortaleza desumana pra levar boas coisas. e sim, lembro de vc sempre, Olho sempre o seu blog. Abraços e fique com Deus!